TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner


Pensionista de Luciano Arias ratificou

seu favoritismo de ponta à ponta

Abrindo a reunião de Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024, no Jockey Club do Rio Grande do Sul, tivemos a disputa do importante Clássico Indemburgo de Lima e Silva (R$ 6.500,00 + bônus de R$ 500,00, ao dono do animal vencedor), reunindo produtos de 3 anos e mais idade. O excelente velocista IMAGEM KENTUCK (Macho, Tordilho, 3 anos, do Paraná – Kentuckian e Image Sarge por Salute The Sarge), que foi criado pelo Haras Cima e que defende os interesses do Turfman RICARDO MEDEIROS DE PINHO, não encontrou dificuldades para confirmar seu favoritismo.

Perfeitamente comandado por seu jóquei habitual, o líder Claudinei Farias, o neto de Salute The Sarge precisou de poucos metros após a largada para tomar conta da dianteira. Atendendo prontamente o convite de seu piloto, IMAGEM KENTUCK despediu-se dos rivais na metade da reta final, ultrapassando o espelho com 7 corpos de vantagem sobre o qualificado Henry Fonda (6.Wired Bryan), que ficou com a formação da Dupla. Prejudicado por uma péssima largada, Urso de Birigui (6.Kará de Birigui) cruzou o disco em terceiro, deixando Pecan Pie (5.Setembro Chove), bastante afastado, no quarto e último lugar.

Muito bem preparado pelo tetracampeão das Estatísticas, Luciano Arias, o vitorioso, IMAGEM KENTUCK, que obteve seu nono êxito nas pistas – sendo a quarta na esfera nobre –, registrou a marca de 1m07s8/10s, para os 1.100 metros, em pista interna de areia macia, do Hipódromo do Cristal.

FOTO: Hermes Martins – TURFE ON-LINE

Excelente IMAGEM KENTUCK brilhou

pela nona vez na raia do Cristal


 

Comandada de Wilkley Xavier reabilitou-se

em confronto de velocistas-arenáticos

Principal atração da reunião noturna de Segunda-feira, 26 de Fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, a Prova Especial Dagoberto Midosi 2024 (R$ 12.000,00 + bônus de R$ 4.000,00 ao dono do animal vencedor) – para produtos de 3 anos e mais idade –, ficou marcada pela quarta conquista nobre da campanha de QUE BIANCA (Fêmea, Castanha, 4 anos, do Rio Grande do Sul – West By East e Habile Bianca por Mastro Lorenzo), excelente égua criada por seu proprietário, o Haras Di Cellius.

Seguramente conduzida pelo qualificado Wilkley Xavier, a neta de Mastro Lorenzo, que vinha de um fracasso na Prova Especial Eulógio Morgado/Taça Profissionais do Turfe 2024 – quando terminou com Claudicação grau I de seu anterior direito –, conseguiu plena reabilitação. Segunda colocada no começo da disputa, QUE BIANCA evoluiu na altura dos 300 metros finais para alcançar seu objetivo, fugindo para o disco com pouco mais de 2 corpos de vantagem sobre o experiente Westbrook (6.Kodiak Kowboy), que encerrou as apostas na condição de favorito. O veloz Pagliaro (5.Out Of Control), diminuindo seu ritmo nos momentos decisivos, ficou com o terceiro lugar. Log On (4.Adriano) cruzou o disco em quarto, deixando o potro Limonetto (3.Verrazano) no quinto e último lugar. Landline não foi apresentada.

O segundo gerente Luiz Carlos Costa – substituto de Luiz Esteves, atualmente cumprindo suspensão –, é quem responde pelo treinamento da ganhadora, QUE BIANCA, que passou os 1.300 metros, em pista de areia leve, do Hipódromo da Gávea, na marca de 1m19s04s.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

QUE BIANCA: Absoluta na areia carioca!


 

A VITÓRIA MAIS IMPORTANTE DE QUIXODÓ

Dom, 25 de Fevereiro de 2024 21:05

Em bela arrancada, representante do Haras Vale Verde

garantiu o troféu da P.E.Agnes Gold 2024

Destinada a produtos de 3 anos e mais idade, a Prova Especial Agnes Gold 2024 (R$ 12.000,00 + bônus de R$ 4.000,00 ao dono da ganhadora) abriu a reunião de Domingo, 25 de Fevereiro, no Hipódromo da Gávea. Quem deixou sua marca nos 1.400 metros, em pista de grama leve, desta importante competição foi a qualificada QUIXODÓ (Fêmea, Castanha, 4 anos, de São Paulo – Victory Is Ours e Elusive Star por Elusive Quality), criada por seu proprietário, o Haras Vale Verde.

Sob precisa orientação do hábil Alexandre Correia, a neta de Elusive Quality, após acompanhar os primeiros movimentos da carreira no fundo do pelotão, avançou com firmeza nos 200 metros finais para atingir seu objetivo, garantindo 1 corpo de vantagem sobre a competente Regal Nemesis (4.Drosselmeyer), de animadora performance. A terceira posição pertenceu a Kinaja (3.War Secretary). Power Up (4.Hat Trick) concluiu sua apresentação em quarto, deixando Pina Bausch (4.Drosselmeyer) no complemento do placar remunerado. Magic Moon encerrou o lote, em sexto. Rainbow Valley não foi apresentada.

O cuidadoso Ildefonso Coelho de Souza (CT) é quem responde pelo treinamento da vitoriosa, QUIXODÓ, que triunfou na esfera clássica pela primeira vez. Os relógios foram travados na marca de 1m23s42s.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

QUIXODÓ: Filha de Victory Is Ours se impôs entre as fêmeas


 

Filho de Verrazano perdeu os adversários de vista

na I Etapa da Taça Velocidade de Potros e Potrancas

Também no Domingo, 25 de Fevereiro, o Jockey Club Brasileiro foi o cenário da disputa da Prova Especial Pico Central 2024 (R$ 20.000,00) – para animais de 2 anos, sendo a I Etapa da Taça Velocidade de Potros e Potrancas. Brilhou a estrela do talentoso SULTAN OF LOVE (Macho, Castanho, 2 anos, do Rio Grande do Sul – Verrazano e Limadapérsia por Roderic O´Connor), criado pelo Haras Di Cellius e pertencente ao Sr.Omar Tárik de Medeiros Vargens.

Seguramente guiado pelo ótimo Leandro Henrique, o filho de Verrazano assumiu a ponta na entrada da reta final e assim veio para o disco. Sem dar chances aos rivais, SULTAN OF LOVE abriu confortáveis 5 corpos e meio de vantagem sobre o belo Nassau (2.Camelot Kitten), que ficou com a formação da Dupla. Undertaker (2.Universal Law) ultrapassou o espelho em terceiro, com Dom Bluck (2.Chronnos) na quarta e última posição. Sadiq, Nagayama e Multiverso não competiram.

Apresentado, em estado atlético exuberante, pelo eficiente Leonardo J.Reis, o vitorioso, SULTAN OF LOVE, que brilhou na esfera nobre logo em sua estréia, registrou a excelente marca de 45s80s, ficando a apenas 60 centésimos de segundo do recorde estabelecido, no longínquo ano de 1987, pela clássica Hay Que Dar (Heathen).

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

SULTAN OF LOVE: Qualidade em abundância!


 

Stud Red Rafa falou mais alto na P.E.Viziane 2024

O competente fundista QUOI DE NEUF (Macho, Castanho, 4 anos, de São Paulo – Gober e Huge Impact por Cape Town), criado por seu proprietário, o Stud Red Rafa, levou a melhor na edição 2024 da Prova Especial Viziane (R$ 5.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono do animal ganhador) – para produtos de 3 anos e mais idade –, que aconteceu Sábado, dia 24, no percurso de 2.600 metros, em pista de grama pesada, do Hipódromo de Cidade Jardim.

Contando com qualificada direção do habilidoso Antônio Mesquita, o neto de Cape Town, terceiro colocado no início da disputa, ganhou terreno ainda na reta oposta para tomar conta do primeiro lugar. Guerreiro até o final, QUOI DE NEUF teve forças para livrar meia cabeça de vantagem no espelho sobre o insistente favorito Rick The Great (3.Going Somewhere) que vendeu caro a derrota. Em elogiável performance, Mind Trick (3.Hat Trick) cruzou o disco no terceiro lugar. Mr.Boss (5.Acteon Man) finalizou em quarto, deixando Pavão (4.Drosselmeyer) no complemento do placar remunerado. Em seguida, terminaram: Concentré e Oberyn.

Perfeitamente treinado pelo talentoso Emerson Garcia, o vencedor, QUOI DE NEUF, que triunfou pela primeira vez na esfera nobre, registrou a marca de 2m49s692s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

QUOI DE NEUF (por dentro) foi um gigante nos

2.600 metros gramados de Cidade Jardim


 

Desta vez a valiosa potranca do Haras Rio Iguassu

ergueu o troféu da P.E.Raymond Naufal 2024

Trazendo recentes vitórias na Prova Especial Aramys Athayde 2023, ocorrida em Dezembro, no Tarumã; e no Clássico Thomaz Teixeira de Assumpção Netto 2024 (L.), disputado no mês de Janeiro, em Cidade Jardim; a excelente potranca Q´LANDA DO IGUASSU (Fêmea, Tordilha, 3 anos, do Paraná – Kentuckian e Juju Bell por Onward Royal), criada por seu proprietário, o Haras Rio Iguassu, deu continuidade à sua doce rotina de conquistas durante a programação de Sábado, 24 de Fevereiro, no Jockey Club de São Paulo. Eleita favorita pelo público apostador, a neta do nacional Onward Royal (Royal Academy) ficou com o título da Prova Especial Raymond Naufal 2024 (R$ 5.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono da ganhadora), que reuniu fêmeas de 3 anos e mais idade.

Tranquilamente dirigida pelo ótimo André Luiz Silva, Q´LANDA DO IGUASSU assumiu a dianteira logo após a largada e assim veio para o espelho. Galopando com desenvoltura, a filha de Kentuckian (USA) abriu 3 corpos e meio de vantagem sobre a qualificada Poetry In Motion (5.Setembro Chove), que reapareceu produzindo bem. A atropeladora Once Upon A Time (5.Holding Glory) cruzou o disco no terceiro lugar. Pape (5.Gober) terminou  em quarto, com Be Our Guest (5.Chronnos) na quinta posição. My Oh My encerrou o lote, em sexto.

O cuidadoso Antônio M.Oldoni, que atua no Paraná, é quem responde pelo treinamento da ganhadora, Q´LANDA DO IGUASSU, vencedora de quatro de seus seis compromissos nas pistas – três deles na esfera nobre. Os 1.400 metros, em pista de areia pesada, do Hipódromo Paulistano, foram percorridos no tempo de 1m22s704s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

Q´LANDA DO IGUASSU: Qualidade máxima entre as fêmeas


 

Filho de Victory Is Ours ensinou o caminho aos oponentes

De ponta à ponta e sem dar sustos aos que acreditaram em seu potencial, o belo corredor QUARTER POUND (Macho, Tordilho, 4 anos, de São Paulo – Victory Is Ours e Sweet Mariana por First American) – de criação do Haras Vale Verde e propriedade do Stud Sion –, se sobressaiu nos 1.200 metros (areia pesada) da Prova Especial Alexandre Rodolpho Smith de Vasconcellos 2024 (R$ 5.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono do animal ganhador) – para produtos de 3 anos e mais idade –, realizada Sábado, 24 de Fevereiro, no Hipódromo de Cidade Jardim.

Com o talentoso Ruberlei Viana impecável em seu dorso, o filho do nacional Victory Is Ours (Northern Afleet) simplesmente largou e acabou, livrando pouco mais de 2 corpos de vantagem sobre o eficiente Kruswarovski (3.Glória de Campeão), que, mesmo tropeçando durante o contorno da variante, obteve resultado relevante. O participativo potro New Order (3.Camelot Kitten), franco-favorito dos apostadores, precisou se contentar com a terceira posição. Great-Ug (4.War Secretary) finalizou em quarto, deixando Gold Tiger (4.Tiger Heart) no quinto e último lugar.

O competente Nilson Lima é quem assina pelo treinamento do vitorioso, QUARTER POUND, que triunfou pela terceira vez na esfera clássica. Os cronômetros pararam na marca de 1m08s583s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

QUARTER POUND: Categoria a olhos vistos!


 

Haras e Studs


Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner

Banner
Banner