TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner


Descendente de Shanghai Bobby conquistou

a versão potros da renomada Taça de Prata

Esbanjando autoridade, o precioso potro Lamartine (Macho, Castanho, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Shanghai Bobby e Dica por Ghadeer), criado por seu proprietário, o Stud Eternamente Rio, falou mais alto no importante Grande Prêmio J.Adhemar de Almeida Prado/Taça de Prata (Grupo I – R$ 60.452,76 + valor “ADDED”, de R$ 29.713,33, ao dono do animal vencedor) – para machos de 3 anos (Regulamento Próprio) –, um dos destaques do Festival A.B.C.P.C.C. 2018, realizado Sábado, dia 4, no Jockey Club Brasileiro.

Muito bem pilotado pelo experiente Carlos Lavor – que o manteve em quarto durante o início da carreira –, o neto do memorável garanhão Ghadeer ganhou terreno na altura dos 200 metros finais para alcançar o primeiro triunfo nobre de sua campanha. Com estilo, Lamartine seguiu para o espelho com confortáveis 3 corpos e meio de vantagem sobre o atropelador Taksim (3.Discreet Cat), que ficou com o vice-campeonato. O veloz Garbo Talks (3.Put It Back) cruzou o disco na terceira posição. Pimper’s Paradise (3.Put It Back) finalizou em quarto, deixando Black Cello (3.Put It Back) no complemento do marcador. A seguir, finalizaram: Inforcer, Olympic Ipswich, Rio Amazonas, Turnberry, Stylish e Mateiro.

O campeão, Lamartine, que recebe o competente treinamento do ótimo Luiz Esteves (CT), marcou o tempo de 1m38s86s, para os 1.600 metros, em pista de grama pesada, do Hipódromo da Gávea.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

LAMARTINE desfilou seu talento na pista da Gávea


 

Descendente de Dubai Dust foi o campeão da

Copa A.B.C.P.C.C. Velocidade Mário Belmonte Moglia 2018 (G.III)

Em bela arrancada, o qualificado velocista Essential Lord (Macho, Castanho, 4 anos, do Rio Grande do Sul – Dubai Dust e Queen Brigit por Roi Normand), criado por seus proprietários, os Haras Nacional e Nijú, foi o campeão da Copa A.B.C.P.C.C. Velocidade Mário Belmonte Moglia 2018 (Grupo III – R$ 32.856,51 + valor “ADDED”, de R$ 8.265,46, ao dono do vencedor) – para animais de 3 anos e mais idade (Regulamento Próprio) –, ocorrida Sábado, dia 4, no quilômetro gramado, em pista pesada, do Hipódromo da Gávea.

Contando com qualificada orientação do eficiente Luan S.Machado, o neto de Roi Normand deixou a quarta posição na entrada da reta para dominar a competição quando restavam 100 metros para o espelho, batendo seus cinco adversários por pouco mais de 1 corpo de vantagem. Descontando na hora da verdade, o bom Super Rapha (5.Put It Back) ficou com o vice-campeonato. O veloz Schweinsteiger (5.Tiger Heart) concluiu sua apresentação no terceiro lugar. Isola Di Fiori (4.Pioneering) chegou em quarto, com Voando Sorrindo (4.Voando Baixo) no complemento do marcador. Raj encerrou o lote, em sexto.

Brilhantemente treinado pelo excelente Luiz Esteves (CT), o vitorioso, Essential Lord, que triunfou na esfera clássica pela terceira vez, registrou a marca de 58s56s.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

ESSENTIAL LORD brilhou intensamente na raia carioca


 

SÃO PAULO. Destinada a produtos de 3 anos e mais idade, a Prova Especial Fort Worth 2018 (R$ 5.500,00), que aconteceu Sábado, dia 4, no percurso de 800 metros, em pista de grama pesada, do Hipódromo Paulistano, marcou nova vitória clássica nas pistas do extraordinário velocista Habile Bobby (3.Shanghai Bobby e Habile Bianca por Mastro Lorenzo), de criação do Haras Di Cellius e propriedade do Sr.Jamil Name.

Com o competente André Luiz Silva impecável em seu dorso, o neto de Mastro Lorenzo esteve junto de seus rivais apenas na largada. Mantendo sempre boa folga na dianteira, Habile Bobby chegou ao disco com pouco mais de 2 corpos de vantagem sobre o competente Best Top (4.Top Hat), que ficou com o vice-campeonato. O experiente Consul American (7.First American) ultrapassou o espelho no terceiro posto. Ouro Preto (4.Desejado Thunder) terminou em quarto, com Fred Varanda (6.First American) na quinta posição. Leite Ricca encerrou o lote, em sexto.

Carinhosamente treinado, no Paraná, pelo cuidadoso Marcos Decki, o campeão, Habile Bobby, que está invicto nas pistas através de cinco apresentações – incluindo Seletiva e Final do Turfe Paranaense e o Grande Prêmio Major Suckow (G.I) –, cravou o tempo de 43s640s. Sua exportação para os Estados Unidos está sendo fortemente cogitada.

FOTO: Hipódromo de Cidade Jardim

HABILE BOBBY: Máxima qualidade entre os velocistas!


 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner
Banner
ZooBIO.pt

Banner
Banner