TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner


Home Artigos
Artigos

ROYAL FORESTRY REINA ENTRE OS FUNDISTAS-ARENÁTICOS

Pilotado de André Luiz Silva dominou o GP Chanceller Oswaldo Aranha (G.III)

O talentoso fundista-arenático ROYAL FORESTRY (Macho, Castanho, 4 anos, do Paraná – Forestry e Bela Val por Val Royal), criado pelo Haras Belmont Ltda. e pertencente ao Stud Fenômeno, confirmou seu favoritismo no importante Grande Prêmio Chanceller Oswaldo Aranha 2020 (Grupo III – R$ 18.000,00) – para animais de 3 anos e mais idade –, que aconteceu Sábado, dia 28, no percurso de 2.200 metros, em pista de areia macia, do Hipódromo de Cidade Jardim.

Contando com eficiente condução do qualificado André Luiz Silva, o neto de Val Royal – irmão materno do craque Royal Ship (Midshipman), recentemente vendido ao turfe norte-americano –, permaneceu em terceiro durante o início da disputa, aguardando a reta de chegada para evoluir. Convidado por seu piloto, ROYAL FORESTRY evoluiu com intensidade na altura dos 300 metros finais para obter a sexta vitória nobre de sua campanha, garantindo pouco menos de 3 corpos de vantagem sobre o eficiente Olhar Mágico (6.Pioneering), de desempenho animador. O participativo potro Olympic Javier (3.Redattore) concluiu sua apresentação no terceiro lugar. Costa Rica (3.Public Purse) chegou em quarto, deixando General Bobby (4.Shanghai Bobby) no complemento do marcador. Em seguida, arremataram: Aigua e Natural Champion.

Perfeitamente treinado, no Paraná, pelo competente Júlio César, o vitorioso, ROYAL FORESTRY, registrou a marca de 2m14s366s.

FOTO: Porfírio Menezes – Jockey Club de São Paulo

ROYAL FORESTRY deixou sua marca em importante prova de Grupo III

 

Haras e Studs


Publicidade

Banner
Banner
Banner

Banner
Banner