TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner


Home Artigos Geral
Geral

ARROCHA DÁ O TROCO EM QUARTETO DE CORDAS NA COPA A.B.C.P.C.C. CLÁSSICA MATHIAS MACHLINE 2018 (G.I)

Descendente de Pounced vingou-se da derrota no GP Brasil 2018 (G.I)

Significativa parte dos melhores fundistas do país esteve reunida Sábado, dia 4 de Agosto, no Jockey Club Brasileiro, para a disputa da renomada Copa A.B.C.P.C.C. Clássica Mathias Machline 2018 (Grupo I – R$ 145.834,98 + valor “ADDED”, de R$ 49.735,15, ao dono do animal vencedor) – para produtos de 4 anos e mais idade.

Vice-campeão, em Junho, do Grande Prêmio Brasil 2018 (G.I), o excelente Arrocha (Macho, Castanho, 4 anos, do Paraná – Pounced e Avon Lady por Signal Tap), criado por seu proprietário, o Haras Estrela Nova e iniciado no CENTRO DE DOMA VENDAVAL, desta vez deixou a raia com o troféu.

Dirigido pelo Recordista Mundial de Vitórias, Jorge Ricardo, que veio da Argentina para esta missão, Arrocha precisou de poucos metros após a largada para tomar conta do primeiro lugar, ditando o ritmo da competição. Pressionado na reta final, o neto de Signal Tap teve forças para manter-se na dianteira, garantindo o importante título. No espelho, diferença de meio corpo o separou do excelente Quarteto de Cordas (4.Rock Of Gibraltar), eleito Cavalo do Ano pelo Troféu Mossoró e que havia superado Arrocha na principal prova do calendário clássico nacional. Sem conseguir brigar pela vitória, o eficiente Olimpo (4.Redattore) cruzou o disco no terceiro posto. Fantastic Boy (4.Wild Event) chegou em quarto, com Orange Box (4.Wild Event) no complemento do placar remunerado. Depois, terminaram: Or Noir, Fanciful, Bom Gosto e Easiest Way (bastante apostada, produziu pouco).

O Segundo-Gerente Paulo Sérgio de Deus (CT), que substitui o suspenso Roberto Solanés, é quem responde pelo treinamento do campeão, Arrocha, que conquistou seu terceiro êxito nobre, sendo o segundo em prova de Grupo I. Os 2.000 metros, em pista de grama pesada, do Hipódromo da Gávea, foram percorridos em 2m07s12s.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

Talento de ARROCHA fez a diferença nos dois quilômetros gramados

 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner

Banner
Banner