TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner
Banner


RIO DE JANEIRO. Única fêmea da competição, pois Fofolete não competiu, a brilhante velocista Isola Di Fiori (4.Pioneering e Trefiori por Flatter), criada pelo Haras Palmerini e pertencente ao HARAS DO MORRO, agigantou-se na edição 2018 da Prova Especial Hernani Azevedo Silva (R$ 12.000,00) – para produtos de 3 anos e mais idade –, disputada Domingo, dia 15, no quilômetro gramado, em pista macia, do Hipódromo da Gávea.

Perfeitamente dirigida por Carlos Lavor, a descendente de Pioneering, após ocupar a terceira posição no início da carreira, pressionou seus oponentes até pouco antes do espelho, quando atingiu seu objetivo. Com extrema categoria, Isola Di Fiori garantiu uma paleta de vantagem sobre o esforçado Maestro da Serra (5.Mastro Lorenzo), responsável por liderar grande parte da competição. Também em boa corrida, o valente Questo Mi Peace (5.Tiger Heart) cruzou o disco no terceiro lugar. O experiente Consul American (7.First American) concluiu sua apresentação em quarto, deixando Kid Carson (5.Molengão) na quinta posição. A seguir, terminaram: Cometa Karlo, Lampião (favorito, produziu pouco), First Run e Helianto. Fofolete não competiu.

O qualificado Zenildo Barbosa (CT) é quem responde pelo treinamento da campeã, Isola Di Fiori, que brilhou na esfera clássica pela primeira vez, cravou o tempo de 56s02s.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

ISOLA DI FIORI: Superioridade no quilômetro gramado carioca


 

SÃO PAULO, SÁBADO (14/7). Destinada a produtos de 3 anos, a Prova Especial General Euclydes de Oliveira Figueiredo 2018 (R$ 5.500,00) foi vencida, com estilo, pelo talentoso potro Gato Lindo (3.Pioneering e Sunshine Lady por P.T.Indy), criado por seu proprietário, o Haras Tuta.

Sob eficiente condução do qualificado Michel Platini, o filho de Pioneering permaneceu em terceiro no início do páreo, aguardando a reta de chegada para “dar o bote”. Convidado por seu piloto, Gato Lindo foi para a dianteira quando restavam 500 metros para o disco, cruzando-o com pouco mais de 4 corpos de vantagem sobre o competente Avião Sureño (3.First American), de elogiável desempenho na competição. O terceiro posto pertenceu a Auspicioso Thunder (3.Desejado Thunder). Afastado, Afortunado Thunder (3.Desejado Thunder) finalizou em quarto, deixando The Biscuit (3.Need For Speed) na quinta e última posição.

Muito bem apresentado pelo cuidadoso Sebastião S.Leite, o vitorioso, Gato Lindo, que obteve seu segundo êxito nobre e está invicto na areia em duas apresentações – atuou uma vez no gramado, conseguindo um quarto lugar –, registrou a marca de 1m22s834s.

FOTO: Hipódromo de Cidade Jardim

GATO LINDO voltou a se impor na esfera clássica paulista


 

PORTO ALEGRE. Vivendo o melhor momento de sua campanha, o competente velocista Don Arlindo (5.Crafty C.T. e Irada por Choctaw Ridge), de criação do Haras Nijú e propriedade do Sr.Fabrício Pereira de Carvalho, falou mais alto na edição 2018 do Clássico Presidente Cneu Aranha (R$ 4.000,00) – para animais de 3 anos e mais idade –, realizado Sexta-feira, 13 de Julho, na distância de 1.100 metros, em pista de areia macia, do Hipódromo do Cristal.

Com o experiente Ederval S.Teixeira perfeito em seu dorso, o filho de Crafty C.T., posicionado em quinto no começo da competição, ganhou terreno nos 200 metros finais para conquistar sua primeira vitória nobre, livrando 1 corpo de vantagem sobre o valente potro Dessert (3.Minion), de elogiável performance. O favorito Samurai (5.Benny The Bull) concluiu sua apresentação no terceiro lugar. Zé Charmoso (4.Silver Train) concluiu sua apresentação em quarto, deixando Perfect Bullet (4.Benny The Bull) na quinta colocação. Samba de Bamba encerrou o lote, em sexto. Já o tordilho Joka Bold não foi apresentado.

O vencedor, Don Arlindo, que recebe o treinamento do competente Flávio Matos, travou os cronômetros na marca de 1m07s6/10s.

FOTO: Bárbara F.Rodrigues – TURFE ON-LINE

DON ARLINDO brilhou entre os velocistas do Cristal


 

PORTO ALEGRE. Em linda arrancada por junto à cerca interna, a qualificada corredora gaúcha Just Event (6.Wild Event e Miracema por Sonus), criada pela Coudelaria Frugarolo do Sul e pertencente ao Sr.Fernando Lafaiete Duarte Nahas, ergueu o troféu do Clássico Tribunal Federal da 4ª Região (R$ 4.000,00) – para fêmeas de 3 anos e mais idade –, disputado Sexta-feira, dia 13, no percurso de 1.800 metros, em raia de areia macia, do Jockey Club do Rio Grande do Sul.

Energicamente pilotada pelo qualificado Rogério Arias, a neta de Sonus, após acompanhar o princípio da competição em sexto, atropelou com violência na hora da verdade para brigar pela vitória. Na insistência de seu piloto, Just Event atingiu seu objetivo somente pouco antes do espelho, ultrapassando-o com um pescoço de vantagem sobre a talentosa Endorfina (5.Public Purse), que sofreu incrível derrota. A favorita Best Dubai (4.Dubai Dust) concluiu sua apresentação no terceiro lugar. Linda Nui (4.Molengão) finalizou em quarto, com a experiente Flight At Night (7.Shirocco) na quinta colocação. Depois, terminaram: Gibby e La Vai Firmina. Credenza não competiu.

Carinhosamente treinada pelo eficiente Wanderlei Almeida Jr., a campeã, Just Event, que triunfou na esfera clássica pela segunda vez, assinalou o tempo de 1m58s3/10s.

FOTO: Bárbara F.Rodrigues – TURFE ON-LINE

JUST EVENT (por dentro) não desistiu até conseguir a taça!


 

Haras e Studs


Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner
Banner
ZooBIO.pt

Banner
Banner