TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner
Banner


Neto de Baronius deixou sua marca na

Terceira Prova da Tríplice Coroa de Potros

Terceira Prova da Tríplice Coroa de Potros, o renomado Grande Prêmio Derby Paulista (Grupo I – R$ 30.000,00) – para machos da Geração 2014 –, foi a principal atração da festiva reunião de Sábado, 11 de Novembro, no Jockey Club de São Paulo. Os Turfistas presentes tiveram o privilégio de assistir ao vivo a emocionante conquista de Galope Americano (Macho, Castanho, 3 anos, do Paraná – Silent Times e Sul Americana por Baronius), de criação do Haras Cifra e propriedade do Stud Galope.

Seguramente guiado por André Luiz Silva, o descendente de Silent Times acompanhou do terceiro posto os primeiros movimentos da competição. Impulsionado por seu talentoso piloto, Galope Americano adentrou a reta final dominando a competição. Exibindo todas as suas qualidades, o neto de Baronius fugiu para o disco com pouco menos de 2 corpos de vantagem sobre o atropelador Fortune Danz (3.Soldier Of Fortune), de performance animadora. O competente Arrocha (3.Pounced), perdendo terreno na hora da verdade, cruzou o disco no terceiro posto. First Fighter (3.Public Purse) concluiu sua apresentação em quarto, deixando Rasgado de Birigui (3.Soldier Of Fortune) no complemento do marcador. A seguir, terminaram: Bom Gosto, Soldier Of Mondesir, Olimpo, Ouro da Serra, Xtreme Dream, Cloud do Jaguaretê, Sibirskaya, Cefas do Jaguaretê, Strong Arm, Lo Felipe, Relevo de Birigui, Peter-Pilotto e Zap Zap.

Carinhosamente preparado, no Paraná, pelo cuidadoso Delmar Lima Albres, o mais novo Derbywinner do Turfe Nacional, Galope Americano, que triunfou na esfera clássica pela segunda vez, marcou o tempo de 2m28s926s.

FOTO: Hipódromo de Cidade Jardim

GALOPE AMERICANO entrou para a História de uma das

mais importantes provas do calendário clássico nacional


 

Descendente de Drosselmeyer não deu chances às rivais

na terceira prova da Tríplice Coroa paulista de éguas

A preciosa potranca Sea Dream (Fêmea, Castanha, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Drosselmeyer e Makeover por Giant´s Causeway), criada por sua proprietária, a Fazenda Mondesir, conquistou o título do renomado Grande Prêmio Diana 2017 (Grupo I – R$ 30.000,00) – para fêmeas de 3 anos, sendo a terceira prova da Tríplice Coroa Paulista de Éguas –, que aconteceu Sábado, dia 11, no percurso de 2.000 metros, em pista de grama pesada, do Hipódromo Paulistano.

Conduzida, com precisão cirúrgica, pelo excelente Waldomiro Blandi, a neta de Giant´s Causeway, após acompanhar o princípio da carreira em terceiro, ganhou terreno, na altura dos 300 metros finais, para atingir seu objetivo. Esbanjando autoridade, Sea Dream chegou ao disco com pouco mais de 4 corpos de vantagem sobre a atropeladora Lepate Goose (3.T.H.Approval) de bela performance. Também em boa corrida, a bela Zuzu Bem (3.First American) concluiu sua apresentação no terceiro lugar. A eficiente Love Your Look (3.Setembro Chove) finalizou em quarto, deixando Aigua (3.Molengão) na quinta colocação. Depois, terminaram: Galang, Sigillaria, Tantiny, Fackellilie, Libertina, Girl Parisiense e Lovisin The Air.

Precisamente treinada, em Centro de Treinamento carioca, pelo cuidadoso Manoel Paulo – substituto de Venâncio Nahid, atualmente cumprindo suspensão –, a campeã, Sea Dream, que conquistou o primeiro título nobre de sua campanha, travou os relógios na marca de 2m02s921s.

FOTO: Hipódromo de Cidade Jardim

SEA DREAM reinou absoluta no Jockey Club de São Paulo


 

Pensionista de Delmar Lima Albres fez seu talento

prevalecer nos 2.400 metros gramados de Cidade Jardim

Reunindo dez preciosos fundistas, de 3 anos e mais idade, o importante Grande Prêmio Ministro da Agricultura (Grupo II – R$ 24.000,00), que aconteceu Sábado, dia 11, no percurso de 2.400 metros, em raia de grama pesada, do Hipódromo Paulistano, teve como vencedor o talentoso Hotaru (Macho, Alazão, 4 anos, do Paraná – Public Speaker e Emissora Regional por Trempolino), de criação do Haras Palmerini e propriedade do Stud A.M.L.

Perfeitamente pilotado pelo ótimo André Luiz Silva, que vive excelente momento profissional, o neto de Trempolino acompanhou o princípio da carreira em quinto, na expectativa. Posicionado pelo centro da pista, por fora de todos, Hotaru evoluiu com intensidade nos 200 metros finais para obter o primeiro êxito nobre de sua campanha. Com estilo, o descendente de Public Speaker livrou 1 corpo e meio de vantagem sobre o valente Energia Imagine (4.Agnes Gold), que vendeu caro a derrota. O competente Orario Pubblico (4.Agnes Gold) cruzou o disco no terceiro lugar. A quarta posição pertenceu a Olympic Google (4.Roderic O´Connor), deixando o experiente Concilium (8.Sulamani) na quinta colocação. Depois, chegaram: Olympic Fluke, Em Cima do Laço, Forbes, Feito Olímpico e Rey Del Sur.

O brilhante Delmar Lima Albres, que atua no Paraná, é quem responde pelo treinamento do ganhador, Hotaru, que assinalou o tempo de 2m29s096s.

FOTO: Hipódromo de Cidade Jardim

HOTARU: Belíssimo alazão brilhou entre os fundistas


 

PENSANDO EM GRANA ARRASA ENTRE OS VELOCISTAS!

Qui, 16 de Novembro de 2017 12:56

Neto de Dodge não tomou conhecimento dos

rivais no GP Proclamação da República 2017 (G.II)

Pela primeira vez competindo no gramado, o excelente velocista Pensando Em Grana (Macho, Castanho, 3 anos, do Paraná – Tiger Heart e Chocolatier por Dodge), criado pela Coudelaria Baptista e pertencente ao Haras Rio Iguassú, ergueu o troféu do importante Grande Prêmio Proclamação da República (Grupo II – R$ 24.000,00) – para produtos de 3 anos e mais idade –, disputado Sábado, dia 11, no percurso de 1.000 metros, em raia de grama pesada, do Hipódromo Paulistano.

Tranquilamente guiado pelo eficiente Valmir Rocha, o neto de Dodge foi para a dianteira logo após a partida e assim veio para o disco. Sem ser incomodado em momento algum da carreira, Pensando Em Grana abriu expressiva diferença, de 4 corpos e ¾, sobre o favorito Consul American (6.First American) que precisou se contentar com o segundo lugar.

Próximo, em terceiro, finalizou Joan Miró (3.Tiger Heart). Única fêmea do páreo, Richiesta (3.Tiger Heart) chegou em quarto, com Lowvestein (4.Put It Back) na quinta posição. Tom Cruz encerrou o lote, em sexto.

O cuidadoso Ademar de Barros Pereira apresentou o campeão, Pensando Em Grana, no melhor de sua forma física. Os cronômetros foram travados na marca de 56s425s.

FOTO: Hipódromo de Cidade Jardim

PENSANDO EM GRANA mostrou que no gramado é ainda melhor!


 

OLYMPIC GENEVE: DA LARGADA À CHEGADA A MELHOR!

Qui, 16 de Novembro de 2017 12:56

Filha de Roderic O´Connor garantiu o troféu do

importante GP Luiz Fernando Cirne Lima 2017 (G.III)

Sábado, dia 11, o Jockey Club de São Paulo também foi o cenário da edição 2017 do Grande Prêmio Luiz Fernando Cirne Lima (Grupo III – R$ 18.000,00), para fêmeas de 3 anos e mais idade.

Nele, a talentosa corredora gaúcha Olympic Geneve (Fêmea, Alazão, 4 anos, do Rio Grande do Sul – Roderic O´Connor e Tocha Olímpica por Roi Normand), criada por seu proprietário, o HARAS REGINA, foi quem deixou a raia com o troféu.

Dirigida com segurança pelo talentoso Wesley S.Cardoso, a descendente de Roderic O´Connor assumiu a dianteira logo após a partida e assim ditou o ritmo da competição. Mantendo-se sempre em vantagem, Olympic Geneve teve reservas suficientes para desbancar suas sete adversárias, com estilo. No espelho, a neta do saudoso garanhão Roi Normand ultrapassou o espelho 1 corpo e meio a frente da favorita dos apostadores, Say It Again (3.Holy Roman Emperor), que nada pôde fazer para impedir sua conquista. A bela Velha Máquina (4.Redattore) cruzou o disco no terceiro lugar. Kings Gate (4.T.H.Approval) terminou em quarto, com Exhibition (4.Wild Event) no complemento do placar remunerado. Em seguida, chegaram: Only American, Lumiere e Filadelfia Freedom.

Perfeitamente treinada, em Centro de Treinamento carioca, pelo brilhante Roberto Solanés, a campeã, Olympic Geneve, que obteve seu primeiro título na esfera clássica, gastou 1m52s147s para percorrer os 1.800 metros, em pista de grama pesada, desta importante competição.

FOTO: Hipódromo de Cidade Jardim

Garra de OLYMPIC GENEVE prevaleceu em importante prova de Grupo III


 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner

Banner
Banner