TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner
Banner


Home Notícias Criação Brasileira perde um de seus maiores ícones: Morre em Bagé o reprodutor Wild Event (USA)

Criação Brasileira perde um de seus maiores ícones: Morre em Bagé o reprodutor Wild Event (USA)

Considerado por muitos como um dos maiores garanhões de todos os tempos a cobrir no Brasil, o sensacional Wild Event (25.USA.Wild Again e North Of Eden por Northfields), criado pelo “Turfman” Arthur I.Appleton e pertencente ao Haras Santa Maria de Araras, morreu Sábado (16/6), na cidade gaúcha de Bagé, em virtude da ruptura espontânea do Diafragma.

Nas pistas, em 22 apresentações, o descendente de Wild Again (USA) obteve 10 vitórias e 7 colocações, com destaque para o Early Times Turf Classic Stakes (G.I), W.L.McKnight Handicap (G.II), Arlington Handicap (G.II), Keeneland Breeders´Cup Mile Stakes (G.III), River City Handicap (G.III) e o Fourstardave Handicap (G.III), ultrapassando em prêmios a quantia de US$ 937,2 mil.

Mas foi como garanhão que Wild Event (USA) atingiu o estrelato. Em 14 Gerações até o momento, o neto de Northfields (USA) já produziu 914 filhos, sendo 466 destes ganhadores e 157 frequentadores de esferas clássicas.

Dentre seus principais descendentes estão: Double Trouble, vencedora, nos Estados Unidos, do Santa Maria Handicap (G.I) e do Grande Prêmio Carlos Telles e Carlos Gilberto da Rocha Faria (G.II) em solo brasileiro; Eu Também, vencedor do Gran Prêmio Nacional/Derby Argentino (G.I), além dos Grandes Prêmios Duplex (G.I), Presidente Antônio Correa Barbosa (G.II), Antenor de Lara Campos (G.II) e Ricardo Lara Vidigal (G.III); Que Fuerza, vitoriosa no Grande Prêmio Henrique Possolo (G.I); Fluke, vencedor do Citation Handicap (G.I) e do Frank E.Kilroe Mile Stakes (G.I) nos Estados Unidos e do Grande Prêmio Mário de Azevedo Ribeiro (G.III) no Brasil; Smile Jenny (G.I), campeã da Copa A.B.C.P.C.C. Matias Machline (G.I) e dos Grandes Prêmios Henrique Possolo (G.I) e Diana (G.I); Sorrentino, ganhador dos Grandes Prêmios João Adhemar de Almeida Prado/Taça de Prata (G.I), Ipiranga (G.I) e Jockey Club de São Paulo (G.I); Talenta, ganhadora do Grande Prêmio Margarida Polak Lara/Taça de Prata (G.I); Tônemaí, vitorioso nos Grandes Prêmios Francisco Eduardo de Paula Machado (G.I); Dezesseis de Julho (G.II), Antônio Joaquim Peixoto de Castro Júnior (G.II) e João Borges Filho (G.II), além do bicampeonato do Grande Prêmio Doutor Frontin (G.II); Hunka Hunka, vencedora do Grande Prêmio Diana (G.I); Olympic Message, vitoriosa nos Grandes Prêmios Henrique Possolo (G.I), Carlos Telles e Carlos Gilberto da Rocha Faria (G.II), João Adhemar e Nelson de Almeida Prado (G.III) e Roger Guedon (G.III); Old Tune, Tríplice Coroada Carioca de 2012 ao brilhar nos Grandes Prêmios Henrique Possolo (G.I), Diana (G.I) e Zélia Gonzaga Peixoto de Castro (G.I), tendo vencido também os Grandes Prêmios Margarida Polak Lara/Taça de Prata (G.I) e Roger Guedon (G.III); Cruiseliner, vitoriosa nos Grandes Prêmios Diana (G.I) e Zélia Gonzaga Peixoto de Castro (G.I); Daffy Girl, campeã do Grande Prêmio Cruzeiro do Sul/Derby Carioca (G.I), das versões carioca e paulista do Grande Prêmio Diana (G.I) e do Grande Prêmio Margarida Polak Lara/Taça de Prata (G.I), além do Grande Prêmio Doutor Frontin (G.I); Daniel Boone, vencedor do Grande Prêmio Francisco Eduardo de Paula Machado (G.I); Diesmal, que levou a melhor no Grande Prêmio Bento Gonçalves (G.I); Double Care, vencedora do Grande Prêmio Zélia Gonzaga Peixoto de Castro (G.I); Esfinge, vitoriosa no Grande Prêmio Barão de Piracicaba (G.I); e Fanciful, que brilhou no Grande Prêmio Henrique Possolo (G.I) e, mais recentemente, no Grande Prêmio Roberto e Nelson Grimaldi Seabra (G.I).

Wild Event (USA) deixou ainda três Gerações por estrear. Seus últimos filhos começam a nascer em Julho.

FOTO: Internet

WILD EVENT (USA) deixou enorme legado ao Turfe

Compartilhe

 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner

Banner
Banner